Entrevista com Maaya Sakamoto sobre Evangelion 3.0

Schermata-2013-04-21-alle-22.19.10

No artbook distruibuido logo após a exibição de Evangelion 3.0 nos cinemas japoneses está incluso entrevistas com os vários dubladores de Evangelion falando sobre o novo filme. Graças à parceria com o blog italiano Dummy System, o Evangelion:BR está disponibilizando algumas dessas entrevistas traduzidas e adaptadas. Continuando a série de entrevista, a quinta, e por equanto última, é com Maaya Sakamoto, a dubladora de Mari Illustrious Makinami.

Outras entrevistas:

Pergunta: Uma primeira coisa: Como como sua primeira vez em 2.0, sendo tudo algo novo?
Resposta: Para dizer a verdade eu sabia pouco ou quase nada de Evangelion, encontrei-me para fazer minha parte sem saber de tudo o que tinha acontecido antes. Eu comecei sem perceber os fatos e sua importância, ao contrário de todos os fãs que tinham passado a sua juventude na companhia de Evangelion. Ao invés de pensar “como seria dizer que há um novo personagem?” eu estava um pouco ansiosa porque eu não sabia o que esperava. O aparecimento de Mari foi mantida em segredo por muito tempo, e quando foi publicada, ela teve um enorme impacto, onde quer que eu ia. Partindo do pessoal da equipe, para meus parentes, ou amigos escola, eu levantei a mesma pergunta: “desta vez vamos ter um novo personagem?”. Apenas nesse ponto, gradualmente, eu percebi o que eu estava fazendo, atraindo a audiência do público para Evangelion. Se eu tivesse sido um fã de Evangelion, eu não seria capaz de resistir à pressão.

Evangelion Shin Gekijouban Q (BDrip 1280x544 x264 AAC)-ank.mp4_snapshot_00.41.53_[2013.06.04_12.00.43]

Pergunta: Lembramos que no momento do 2.22 a equipe estava muito preocupada sobre como fazer a personagem de Mari, mas quando você começou a gravar a atmosfera mudou completamente.
Resposta: Eu não tinha quem chamar, sem algo para me basear e sem ter ouvido qualquer opinião sobre isso, então não havia nenhum preconceito sobre como Mari “deveria ser”. Naquele dia, havia muitas pessoas que vieram para participar da gravação e eu tive medo de sentir um pouco de pressão por causa de todos aqueles olhares, mas foi divertido. Considerando que eu agia livremente, imediatamente me foi dado o “ok”, eu fiquei com a dúvida de que se eu sai bem.

Evangelion Shin Gekijouban Q (BDrip 1280x544 x264 AAC)-ank.mp4_snapshot_01.19.37_[2013.06.04_12.02.34]

Pergunta: Você é fantástica. Naquele tempo você realmente deu vida a nova personagem!
Resposta: Antes eu conheci no hall de entrada a Hayashibara [Rei] e Ogata [Shinji], que me receberam com boas-vindas ao mundo Evangelion! “ Você vai ter que refazer vinte ou trinta vezes, mas não se preocupe, tem sido assim para todos “. Eu fiquei ainda um pouco em choque! No momento de fazer a cena, que foi bastante longa e com base no sentimento, eu estava realmente preocupada, então quando eles me deram o “ok” depois da primeira eu não podia acreditar. Em vez de ser feliz e relaxar estava preocupada e tinha dúvidas… O lado positivo foi que essa cena não tinha outros personagens, então eu podia concentrar-me. Essa foi a primeira batalha de Mari, eu podia sentir seu pulso e sua excitação, então eu era capaz de “sincronizar” com ela. Eu acho que meu nervosismo foi um elemento importante.

Evangelion Shin Gekijouban Q (BDrip 1280x544 x264 AAC)-ank.mp4_snapshot_01.21.08_[2013.06.04_12.01.30]

Pergunta: Aparentemente coisas como “Sincronia” e “vitalidade” são importantes.
Resposta: O senhor Anno me disse que ele tinha deixado a concretização à Tsurumaki, que muitas vezes me disse “Eu quero que você faça isso” e é por isso que eu acho que, juntos, supervisionamos a parte acústica da personagem. Eu não sabia como o 2.22 iria continuar e dependendo de como os outras pessoas também perceberiam que a personagem iria mudar. Ou pelo menos, eu penso assim.

Evangelion Shin Gekijouban Q (BDrip 1280x544 x264 AAC)-ank.mp4_snapshot_01.21.15_[2013.06.04_12.01.48]

Pergunta: Mari nasceu a partir de um sistema contínuo de tentativa e erro dentro da equipe.
Qual foi a sua abordagem em relação a isso?
Resposta: O Senhor Anno me deu uma palavra-chave: “Showa no Oyaji” [“Papai do período Showa”, ou seja, o pai japonês típico dos anos setenta / oitenta] e ter entendido o que ele quis dizer poderia ter ajudado a melhorar o meu papel. Mari é completamente diferente dos outros personagens, isso é imediatamente óbvio. Apesar de eu ter nascido no período Showa, onde a frase padrão foi “não se preocupe, não exagere.” Mari é uma personagem muito diferente do meu costume: tem o hábito de usar “nya” é enérgica e cheia de auto-confiança, falta de bom senso no que ela diz. Eu usei a minha voz natural e eu consegui “entrar em seus sapatos”, sem muito esforço. Mesmo que “nya”, sob a égide do “Showa no Oyaji”, eu consegui fazê-la sem problemas. Fazer uma personagem com a minha voz realmente me fez ficar calma.

Evangelion Shin Gekijouban Q (BDrip 1280x544 x264 AAC)-ank.mp4_snapshot_01.25.25_[2013.06.04_12.03.08]

Pergunta: o que você acha do 3.33 depois da experiência anterior?
Resposta: Em 2.22 eram os “nyas” e as canções que tiveram seus impactos. Em 3.33: eu não faço isso cantar e dizer “nya”. Também neste filme, há uma série de novos personagens, novos eventos, e assim por diante, que deixam os telespectadores confusos, assim, no que se refere Mari não há grandes surpresas (talvez).

Evangelion Shin Gekijouban Q (BDrip 1280x544 x264 AAC)-ank.mp4_snapshot_01.25.29_[2013.06.04_12.03.16]

Pergunta: Neste sentido, parece que você se acostumou com o filme anterior.
Resposta: Essa sensação de ambientação também se aplica a mim. No começo eu estava preocupada , eu não sabia se Mari seria recebida, sendo que na equipe veio tão de repente. Se eu olhar para as recentes produções, vendo Mari perto dos outros personagens, parece que sempre houve essa receptividade. A sensação de que Mari – apesar de ser uma nova personagem – tem existido desde o início faz com que eu tenho essa sensação também, então eu acabo esquecendo que na realidade não é assim! Esta é minha grande satisfação. Mesmo em 3.33 há muitos personagens novos, mas porque eu cheguei um filme antes que eu me sinto um pouco o seu “senpai”.

Evangelion Shin Gekijouban Q (BDrip 1280x544 x264 AAC)-ank.mp4_snapshot_01.36.35_[2013.06.04_12.05.07]

Pergunta: Desde o filme anterior, após 14 anos, e agora a Mari é capaz de lutar com Asuka em perfeita sincronia. Como explicar isso?
Resposta: para ser honesta , eu não entendi muito a história em si. Fiquei principalmente em cenas de ação. Não sei bem a história ou a sua estrutura. Ela não interage muito com novos personagens, mas eu sei que eles têm um papel fundamental nas batalhas. Como de costume eu não me incomodei muito e segui o meu papel.

Evangelion Shin Gekijouban Q (BDrip 1280x544 x264 AAC)-ank.mp4_snapshot_01.36.40_[2013.06.04_12.05.18]

Pergunta: Ainda cantando uma música do período Showa, hein?
Resposta: Mesmo quando Mari não está na tela, você pode ouvir ela cantar, então as escolhas eram 3 a 4 canções a capella e nostálgicas. É uma personagem que não faz nada, mas hum. Eu fiz o meu melhor para transmitir como é se divertir em fazer qualquer coisa.

Evangelion Shin Gekijouban Q (BDrip 1280x544 x264 AAC)-ank.mp4_snapshot_01.36.44_[2013.06.04_12.05.26]

Pergunta: Como os outros definem o seu papel?
Resposta: A única coisa que me impressionou foi o que me disse o Senhor Anno, no início “[Mari] faz exatamente o que eu disser” Não se preocupe que ela tenha uma segunda face aqui. Entre o que ela diz e o que ela quer fazer, há uma perfeita harmonia. Claro, é uma personagem com uma espessura, mas na verdade não é intrigante sobre a possibilidade de que ela tem uma dupla finalidade, ou uma máscara sobre a máscara: é uma pessoa simples. A primeira vez que eu li o roteiro e vi a personagem, eu tive a impressão de que ela era uma pessoa de muitas faces, bonita e forte, ao mesmo tempo, mas sem realmente descobrir quem ela realmente era. No entanto, em suas ações, nunca há um segundo pensamento, não é para reclamar sobre nada, e não é o tipo de enganar os outros. Em comparação com os outros personagens é mais fácil de entender, ou pelo menos é isso que eu disse o Anno. É por isso que eu pensei :”assim você não precisa se preocupar muito”. Foi o suficiente para que eu seguisse o que está escrito no roteiro e eu seguisse naturalmente. Bem, desta vez eu deixei Mari “sair” sem pensar muito. Eu não vou ser influenciada pelo que acontece ao meu redor, e eu vou seguir o meu caminho. Mari é um personagem que conhece a si mesmo e se move de acordo. Aconteça o que acontecer é positivo, e tem uma grande auto-confiança. Desde essa altura tem havido muitas cenas de luta, tenho a certeza que ela sentia essa confiança, e [para dar a impressão de que] um piloto de Eva é tudo divertido.

Evangelion Shin Gekijouban Q (BDrip 1280x544 x264 AAC)-ank.mp4_snapshot_01.19.37_[2013.06.04_12.02.34]

Pergunta: Você diz que Mari não tem uma segunda face, mas mostra muitas vezes têm uma certa liberdade que é só dela.
Resposta: Eu acho que leva as coisas filosoficamente. Parece que ela olha tudo de cima, quase de uma forma objetiva. É por isso que não é sempre que você ve ela ver ou falar com Shinji em seus próprios lugares. É um personagem que faz tantas experiências diferentes, aqui talvez seja explicado por que tanta liberdade. No entanto, eu não tenho nenhuma idéia de como ela é definida.

Evangelion Shin Gekijouban Q (BDrip 1280x544 x264 AAC)-ank.mp4_snapshot_00.41.53_[2013.06.04_12.00.43]

Pergunta: Você tem alguma expectativa do que vai acontecer de agora em diante?
Resposta: Sendo que [Mari] é um novo personagem, eu gostaria que ela fosse explorada ao máximo! Neste filme, talvez você seja capaz de “entender de onde ela vem [a Sakamoto usa uma palavra que pode ser entendido tanto como um “lugar de nascimento “e como “onde desce “no sentido de laços de sangue]. Acho que da próxima vez que muitos mistérios serão resolvidos. 3.33 vem depois de muitas batalhas, quando você finalmente pode dizer “obrigado a todos pelo trabalho realizado.” Uma vez que por causa de tanto tempo mundo quer saber mais, você gostaria de esclarecer isso o mais breve possível. Sempre que tenho um script também estou nesta situação, eu não sei, e eu gostaria de me divertir tanto quanto possível.

Evangelion Shin Gekijouban Q (BDrip 1280x544 x264 AAC)-ank.mp4_snapshot_01.21.08_[2013.06.04_12.01.30]

Pergunta: Qual é a sua impressão de 3.33?
Resposta: Em 2.22 a sensação era de que Mari já estava presente desde a série original, isso tem me alimentado o pensamento. Desta vez, com todos os novos personagens, eu fiquei realmente impressionada e disse: “é melhor esperar para ver o trabalho completo.”

Evangelion Shin Gekijouban Q (BDrip 1280x544 x264 AAC)-ank.mp4_snapshot_01.25.25_[2013.06.04_12.03.08]

Pergunta: Há um ponto-chave que todo mundo estava esperando. Não só as músicas do período Showa, mas até mesmo a música-tema.
Resposta: Eu não sabia que as obras eram anteriores ao meu nascimento, como Falcão da Grand Prix [um anime de 1977, conhecida como o Grand Prix e o campeão na Itália], mas foi-me dito: “Passe pela pequena cantiga ao diálogo”. Isso não foi sério, ou pelo menos me disseram. Eu não me senti subestimada, fui sorrindo e tentando ser tão ativa quanto possível. Mari é uma personagem sem rodeios, diferente dos outros, e talvez por isso eu amo ela.

Evangelion Shin Gekijouban Q (BDrip 1280x544 x264 AAC)-ank.mp4_snapshot_01.25.29_[2013.06.04_12.03.16]

Pergunta: Você gostaria de deixar uma mensagem?
Resposta: Em primeiro lugar, agradeço a todas as pessoas que acolheram Mari. Para mim, este foi uma experiência completamente nova, que me ensinou muito. Eu acho que Mari vai deixar uma marca importante para mim. Tal como acontece com todas as coisas novas, há sempre uma sensação de estranheza. Em 2.22 esse sentimento também foi ligada a minha chegada ao local, mas, apesar disso fui recebida por todos e todos juntos fizemos o nosso melhor: Estou muito feliz. No momento da projeção de 2.22 eu estava realmente ansiosa, mas depois houve uma grande expectativa para o novo trabalho, e todos ofereceram muito suporte para apoiar esta nova personagem. Então, eu espero que você esteja comigo até o fim, para entender por que Mari foi introduzida em Evangelion.

***

___
Todos nós queremos entender por que a Mari foi introduzida em Evangelion ^^. Bom chega aqui o fim das entrevistas, o blog parceiro Dummy-system até o presente momento só publicou essas entrevistas, assim que eles soltarem mais eu posto aqui.

Banner 3
  • Guilherme Maderal

    deu a entender que ela nasceu nos anos 80,provavelmee aquela da foto da yui poderia ser ela

  • Deu a entender que ela é puro fan service hahaha

    E sim, também passou pela minha cabeça ser ela na foto 😛

  • Eu acho Mari um fan service delicioso! Aguardo o 4.0/4.44 mostrar a real importância dela. E Uau! Não sabia que que era dublada pela Maaya Sakamoto!

  • Franco_Kurosaki

    Tá dando a entender que ela nasceu mesmo no período Showa então podemos deduzir que era mesmo ela na foto.Engraçado que a Mari é sempte confiante,brincalhona diferente dos outros personagens com seus problemas e traumas

    • @Franco_Kurosaki
      Uma coisa que o Caio e eu conversamos é que vc fica numa duvida é quando a Mari fala pra Rei no 3.0 que a original era mais “comunicativa” a original teoricamente sera a Yui nao? então podia ser muito bem ela na foto.

  • Não só a personagem, como também a dubladora é a mais deslocada em Evangelion ¯_(ツ)_/¯

    No fim o único que mostrou saber alguma coisa foi o Akira Ishida….

  • Lucas

    Leonardo, pensei a mesma coisa que vcs, primeiro achei que ela falava da Rei do 2.22 (esqueci qual Rei era, kkkk) mas depois dessa entrevista mudei de opinião. Eva é um verdadeiro mindfuck, kk

  • Guilherme Maderal

    e Tbm ela chama o gendo de Gendo-kun,ela fala como se o conhecesse de longa data

  • Annie

    Eu ja tinha o palpite que a Mari era uma pessoa antiga e agora to tendo quase certeza de que é ela na foto com a Yui, Botox ou é a maldição dos evas? hahaha

  • Rodrigo

    Amo a voz dela…

    Ela canta qual(s) músicas no 3.33???

  • Achei pertinente postar aqui, afinal se trata de um post que bateu de cara com algo que eu também havera pensado anteriormente:

    http://retrotale.tumblr.com/post/42181382192/analysis-the-curse-of-eva-ayanami-type-asuka

    Shinji tinha muita cara de experiência cientifica do que um simples isolamento contra “contaminação”. Mas como é tudo especulação, pelo menos a parada da cruz da Asuka fica mais clara (não lembro se vc já postou algo sobre Leonel).

    • @Tiago
      Nossa muito bom texto tiago, vou ver se traduzo ele e posto aqui ^^

  • Acho que ela (Maaya Sakamoto) quis dizer que nasceu nos anos 80, não a Mari… Pesquisei sobre ela e realmente, a Sakamoto nasceu em 1980.

  • Tiago

    @Leonel Rabelo

    Disponha. o/ Continue o ótimo trabalho.