Kunihiko Ikuhara e o nascimento de Kaworu

Ikuhara - Kaworu

Kunihiko Ikuhara, nasceu em 1964, é um artista japonês e diretor de animes. Suas obras mais importantes são “Rebolucionaty Girl Utena” e o mais recenete “Mawaru Penguidum”, porém ele é mais conhecido por seu trabalho no anime Sailor Moon, já que dirigiu alguns episódios e ,depois, foi o diretor geral da metade da segunda série (Sailor Moon R) até o final da quarta temporada (Sailor Moon SuperS). No universo de Evangelion ele é conhecido por… ser a pessoa que inspirou a criação de Kaworu Nagisa.

Esta é uma tradução e adaptação do Italiano para o Português do blog parceiro Dummy System

A amizade que liga Ikuhara e Anno (além de vários parentes e entre outras coisas como sua abordagem criativa para contar histórias – Você acha que é só Anno que coloca cenas WTF para seus expectadores? Assista Utena mais uma vez…) vem desde os tempos de criação da terceira temporada de Sailor Moon (Sailor Moon S). Anno, que sempre declarou ser um grande fã da série, fazia parte do pessoal e trabalhou, embora não foi creditado, com os esboços preparatórios, genga e animações (ele foi responsável pela sequência de transformação da Sailor Urano e Netuno). Dessa forma, quando a Gainax começou a trabalhar em Evangelion, Anno fez de tudo para convencer Ikuhaka a participar (incluindo assim como uma homenagem o nome Rei, da personagem Rei Hino, Sailor Marte, a Sailor favorita de Ikuhaka). Como não foi possível, Anno se contentou com Kotono Mistuishi (a voz de Misato que é a dubladora de Usagi Tsukino, a Sailor Moon) e também colocou várias referencia do anime do amigo em Evangelion, como você pode conferir abaixo.

hotaru-shinji_smallHotaku Tomoe (Sailor Saturno) X Shinji

ami-rei_small2
Ami Mizuno (Sailor Mercúrio) X Rei

Não se sabe exatamente de onde surgiu os rumores de que Ikuhara era mesmo o modelo que Anno usou para criar Kaworu, o que se sabe, porém, é que essa informação foi parcialmente confirmada pelo próprio Ikuhara, em uma entrevista contida  no “All About Nagisa Kaworu: A Child of the Evangelion“, uma publicação (inédita em qualquer lugar fora do Japão) de 2008, que consite de uma coleção de imagens de Kaworu (desenhos oficiais, páginas de mangá e screencap de todas as cenas que ele apareceu), dados, informações, declarações, cartas de fãs e entrevistas com profissionais. Apesar de todas as informações do livro, a contribuição de Ikuhara é extremamente interessante e nos fala muito sobre Kaworu e sobre ele mesmo.

O que se tem abaixo é a entrevista em Português. O texto de referência é uma tradução do Japonês para o Inglês do usuário 1731298478 do forum EvaGeeks.

iku

O poder mágico de “Você está bem do jeito que você é”

Tenho sido perguntando diretamente por algumas pessoas se eu fui o modelo para Kaworu. De onde essa informação vem? Eu não estava envolvido, assim como os artistas principais, na sua criação. Kaworu é um personagem que tem uma aparência muito boa, então se eu dissesse que eu fui seu modelo, imagino que eu iria receber muitas reclamações de seus fãs. Entretanto, não é o caso de que eu não tenha idéia de tudo. Durante o período em que Evangelion ainda estava em seus estágios de preparação, eu estava em muito contato com Anno-san. Naquela época, o pessoal de Sailor Moon fez uma viagem de negócios à um Onsen (águas termais) e Anno-san também estava presente entre os nossos membros. Acabamos conversando a noite toda, mesmo depois de todo mundo ter ido dormir nós continuamos, bebendo saquê e conversando, sentados um ao lado do outro em um banho ao ar livre.

Então, eu acho que a conversa que tivemos naquela noite tinha, talvez, o mesmo sabor que a conversa entre Kaworu e Shinji. Eu também me senti da mesma forma quando vi o episódio 24. Bem, a situação do banho era a mesma, que é bastante fácil de entender. Mas, parece que existem rumores, eu não estou certo, que tinha uma linha de dialogo como “Você é digno de amor”, foi algo que eu disse à Anno-san, e assim por diante (risos). Eu não acho que foi um caso em que eu era Kaworu e Anno-san foi Shinji, o que posso dizer no máximo é dizer quem é quem, acho que não parece muito a maneira de Kaworu, certo? No entanto, lembro de contar uma história sobre minha adolescência. Quando eu tinha 14 ou 15 anos de idade, eu estava realmente desesperado, pensando que minhas perspectivas de vida eram muito sombrias. Com provas e essas coisas, eu tinha a sensação de que não me era permitido falhar. Hoje parece que até mesmo as falhas recebem atenção e existe uma certa liberdade até ser um “perdedor”, naquele momento parecia que não teria futuro quem falhar uma única vez. Até a década de 70, houve o ANPO Toso (um período de agitação e protestos contra o governo) que quando acabou começou a surgir um sentimento de “ah, como suspeitávamos , você não pode revolucionar o mundo” que se espalhou. Neste clima, eu estava convencido de que eu iria morrer antes de 20 anos de idade e que a vida que eu viveria além disso seria uma espécie de “bônus” – esta é a história que eu contei à Anno: provavelmente, o simples fato de poder ter falado sobre isso significou muito para ambos.

Além disso, Anno-san amava Sailor Moon e me disse que queria fazer um trabalho similar.  Eu me pergunto se teve um curto-circuito quando essa consciência em direção à busca de realismo – um cenário de ficção científica, como o mundo, os detalhes das máquinas, e assim por diante – entrou em contato com uma obra como Sailor Moon. Talvez esse foi um período em que ver uma obra de anime normalmente agradável parecia ser algo novo para Anno. Minha própria impressão de Anno-san é um sentimento que ele não é humano. O sentimento que eu tenho quando estou com Anno é que ele não é humano. Ele é grande, semelhante a uma Evangelion. Por exemplo, sempre anda com uma faca e grita “Yah!” Ao retirar a lâmina (risos).

that-robot“Você parece aquele robô”

Ele é intimidado por seu pai, ele recebeu um tapa por Ayanami, ele é chamado de idiota por Asuka, ele foi chamado atenção para se endireitar por Misato… Shinji não recebe muita afirmação dos outros. Eu acho que, nessa situação, o único que lhe diz que ele está bem do jeito que é, é Kaworu. “Você não tem que tentar ser tão duro.” Talvez, por isso, depois que Kaworu apareceu, as garotas que estavam assistindo EVA, que não se sentiam emocionalmente envolvido como os garotos, foram finalmente capazes de simpatizar com Shinji. Talvez seja por isso que todo mundo adora Kaworu. Hm? Eu já disse a alguém: você está bem do jeito que você é”? Isso não é algo que eu estou sempre a dizer?

Fonte: Dummy-System

***