[Teorias E Explicações] As Runas Musicais

Ele cobrem os pilares de contenção em Betânia e as paredes do Dogma, aparecem no novo logotipo “cubista” da Nerv e também no colar de Shinji: São as misteriosas Runas (Glifos, hieróglifos ou do que você gostaria de chamar). Elas surgem em Evangelion 2.0 e tem se proliferado na saga Rebuild.

O que são eles? Para que servem? Por que Hideaki Anno teve tanto trabalho de desenhar um por um? Esses malditos quadrados são realmente importante?

Texto traduzido e adaptado do Italiano para o Português Brasileiro do blog parceiro: Dummy System

runeofdoom(Groundwork of 2.0 – As runas desenhadas por Hideaki Anno)

Os estranho símbolos, como foi percebido pelo seu uso em Evangelion 2.0, são selos de contenção dos Anjos. Portanto não é nenhuma coincidência vê-los nos pilares de circudam Betânia, onde está preso o 3º Anjo, e, mais tarde, na sala onde Asuka está internada se recuperando do ataque de Bardiel e contaminada.

vlcsnap-2013-11-04-01h24m29s55[2.0] Pilares de contenção colocados ao redor do corpo de Asuka contaminado.

Em 3.0, observando cuidadosamente, você também pode notar algumas runas no tapa-olho/curativo cobrindo o olho infectado, evidentemente, para manter a contaminação do Anjo sob controle.

vlcsnap-2013-11-04-01h12m43s108-1024x435[3.0] As runas sobre o curativo de Asuka

Outros lugares onde ela aparece:

  • Um pouco de toda a base e do chão de Betânia. (Algum medo dos Anjos?)

vlcsnap-2013-11-04-01h16m11s144

  • O tubo de LCL em que vemos Rei flutuando

vlcsnap-2013-11-04-01h23m16s107

  • Nas paredes do Dogma Central em algumas cenas do trailer de 3.0 (Embora as cenas desse trailer não aparecem no filme)

vlcsnap-2013-02-22-18h09m46s36

  • O novo logotipo da Nerv

vlcsnap-2013-11-04-01h49m17s29-1024x435

  • Dentro do “Entry Plug” do Evangelion-13

vlcsnap-2013-11-04-01h21m05s255-1024x435

E claro, no DSS Shocker (gargantilha) de Shinji. Enfim, a explicação dos selos Anti-Anjos parecebe bastante clara e completa, certo? Poderíamos dizer mistério resolvido e vamos todos dormir em paz…

Porém nas coisas aparentemente simples se escondem muitas surpresas.

Antes de presseguir, vamos refrescar a memória sobre uma música paralela que permeia a saga Rebuild. Temos quatro filmes, cada um correspondendo a um movimento: Prelude, Break, Quickening, Final. Em particular, na cultura japonesa, o título original dos três primeiros filmes correspondem às três fases do Jo-Ha-Kyu, um princípio de composição ligada a sua música tradicional.

Um dos símbolos marcantes em Rebuild é o toca-fita de Shinji, o famoso SDAT. Nosso personagem principal o usa como um meio de se isolar do mundo e dos outros, refugiando na música. Vemos ao longo da saga duas novas faixas (27 e 28) mostrando cada vez mais o distanciamento da série original.

Em Evangelion 3.0, a metáfora musica é explicita , quase tanto quanto a tensão homoerótica entre Shinji e Kaworu. O filme, não surpreendentemente, foi anunciado com um trailer com uma animação em 3D de um piano.

E se, em tudo isso, eu notei que o alfabeto rúnico conta de exatamente oitenta e oito sinais , como muitos como as teclas do piano? Uma das coisas que eu amo em Evangelion  e ao mesmo tempo me faz querer  erradicar de minha memória, é experimentar a emoção de levar uma vida normal e o fato de que apenas quando você está começando a puxar o fôlego, justamente quando você pensa que é uma pequena jóia sem nenhum significado especial, apenas quando você está prestes a ir para mindfuck seguinte … Senhoras e Senhores, o que eleva a coisa toda para o próximo nível de insanidade e decide  brincar com as runas. Sim, “brincar”, pois descobriu-se que as runas não são apenas oitenta e oito como as teclas do piano. Elas SÃO teclas do piano , literalmente.

Você deve ter notado que quando no Wunder aparece, no visor de gráficos,  informações relativas aos DSS Choker instalado em Shinji, aparecem à direita na sucessão algumas letras do alfabeto. Cada um deles está associado a uma das runas que compõem o código do dispositivo.

vlcsnap-2013-11-04-00h59m44s28-1024x435

Inicialmente, pensei que era, de fato: um alfabeto. Foi tentado então arriscar a decodificação mas nenhuma das nossas tentativas deu certo.
A coisa se complicada por que na combinação do colar algumas letras se repetem várias vezes,  associado a runas diferente entre eles, enquanto outros nunca aparecem. Sem mencionar a disparidade numérica entre as runas e as letras do alfabeto … bem, a coisa, simplesmente, não funciona.

Aquilo que não tinha pensado é que as Runas poderiam indicar as notas musicais , de acordo com a nomenclatura anglo-saxão . E o mais importante, que cada uma dessas notas que corresponderia a uma tecla de piano .
Felizmente, surgiu um fã de Evangelion  músico, e assim começamos a brincar com a combinação de teclas obtida.

Que soou desse jeito:

Esse trecho soa familiar? Isso mesmo! É a musica que ouvimos quando Shinji está desequilibrado ouvindo vozes após ouvir os relatos de Fuyutsuki.

 

O que podemos dizer? Anno seu maldito magnífico troll.

Se você quiser investigar mais sobre o assunto, aqui tem a lista de todas as Runas indicando em azul as que compoem a melodia/codigo do DSS Choker, em vermelho a do logotipo da Nerv, em laranja o tubo de LCL onde está Rei e em cinza a do Dogma Central.

***

Fonte e Imagens: Dummy System

Banner 3
  • Shinji_Ikari

    Gente eu acho que as musicas do Eva 3.33 tem coisas a nos dizer, pois repararam que praticamente toda a OST foi mudada? acho que isso nao é mera coincidência…

    • penso da mesma forma aqui…essas runas nem existiam anteriormente, mas como esta é uma realidade alternativa da série original, no quarto filme A GENTE VAI GORGOJEAR PLASMA INTERGALÁTICO PELO C# E MORRER ENGASGADO COM OS FILMES!

      • Ou não vamos entender nada XD e dá-lhe teoria XD

  • Wesley Khalil

    Nunca vi obras tão geniais como o Evangelion de Hideaki Anno, e Bioshock, de Ken Levine. Esse cuidado extremo com o roteiro e seus elementos faz com que depois de anos de seu lançamento, ainda há o que discutir sobre o anime, e somado aos Rebuilds, vish… Essa busca por explicações, teorias, e respostas em geral é o que faz de uma obra imortal, e a cada post do blog com a Tag “[Teorias E Explicações]” eu piro nas galaxia!

    • Piece of Eden

      Ae alguém lembrou da grandiosidade de Bioshock e tbm concordo com tudo que você disse.

  • Wesley Khalil

    Nunca vi obras tão geniais como o Evangelion de Hideaki Anno, e Bioshock, de Ken Levine. Esse cuidado extremo com o roteiro e seus elementos faz com que depois de anos de seu lançamento, ainda há o que discutir sobre o anime, e somado aos Rebuilds, vish… Essa busca por explicações, teorias, e respostas em geral é o que faz de uma obra imortal, e a cada post do blog com a Tag “[Teorias E Explicações]” eu piro nas galaxia!

    • Piece of Eden

      Ae alguém lembrou da grandiosidade de Bioshock e tbm concordo com tudo que você disse.

  • Rodrigo

    *___________________*

    Evangelion é tão rico em detalhes, por isso se torna uma obra sem igual!!

    Vcs são demais. Post ótimo!!

  • Bem interessante ! Como esse povo tem tempo ein? Haha

  • Bem interessante ! Como esse povo tem tempo ein? Haha

  • Patrick

    Não seria um tipo de código estilo hexadecimal (ou até binário) mas em runas?
    Elas precisariam obedecer uma ordem lógica para compor o “tal código”. Podendo ser “legível” para máquinas ou humanos, dependendo do propósito. Podendo ser decodificado para “humanos” entenderem como notas musicais por exemplo. para máquinas binários ou hexadecimais. Algo como uma “Linguagem de Programação”.

    Isso explicaria o lance do colar do Shinji (sequência de destuição?), e do tapa olho/curativo da Asuka (selo de contenção?)

    Pode ainda ser algo criptografado… 🙂

    Uma coisa é certa… Só o Anno pode responder a isso.

    P.S: Hexadecimal e binários são sistemas de numeração (linguagens base de qualquer máquina), é como elas “falam entre si. Binários são “pulsos” de 0 (desligado, fechado…) e 1 (ligado;aberto…) para melhor entendimento. Hexadecimal são um conjunto de “letras e n°s que obedecem determinada lógica”. Um exemplo é um n° serial de algum programa.

    T+

  • Patrick

    Não seria um tipo de código estilo hexadecimal (ou até binário) mas em runas?
    Elas precisariam obedecer uma ordem lógica para compor o “tal código”. Podendo ser “legível” para máquinas ou humanos, dependendo do propósito. Podendo ser decodificado para “humanos” entenderem como notas musicais por exemplo. para máquinas binários ou hexadecimais. Algo como uma “Linguagem de Programação”.

    Isso explicaria o lance do colar do Shinji (sequência de destuição?), e do tapa olho/curativo da Asuka (selo de contenção?)

    Pode ainda ser algo criptografado… 🙂

    Uma coisa é certa… Só o Anno pode responder a isso.

    P.S: Hexadecimal e binários são sistemas de numeração (linguagens base de qualquer máquina), é como elas “falam entre si. Binários são “pulsos” de 0 (desligado, fechado…) e 1 (ligado;aberto…) para melhor entendimento. Hexadecimal são um conjunto de “letras e n°s que obedecem determinada lógica”. Um exemplo é um n° serial de algum programa.

    T+

  • É o Anno é maluco mesmo. O terceiro filme deixou muitas coisas em aberto, o quarto filme quando for lançado vai estar com um Hype enorme.

  • É o Anno é maluco mesmo. O terceiro filme deixou muitas coisas em aberto, o quarto filme quando for lançado vai estar com um Hype enorme.

  • Pietro

    Anno criou 88 glifos, que são o número de teclas existentes em um piano normal (como o do filme), então podemos considerar que as escritas com esses glifos não sejam necessariamente algum texto alfabético mas que sejam notas musicais visto que Kaworu disse que se pode conversar com a música também! Já encontraram as posições dos glifos nas teclas do piano como podem ver nessas imagens aqui:

    http://i.imgur.com/WGUc5dG.jpg

    https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/originals/f1/93/2b/f1932bff5e1eb164556ca21805a80294.jpg

    Modo de leitura dos glifos: Leia os glifos a partir do primeiro lá no alto na direita e siga lendo-os para baixo, chegando no fundo recomece de cima uma linha mais pra esquerda e continue lendo para baixo, repetindo esse processo.

    Bom esse é o jeito mas pode ser que as notas estejam posicionadas de outra maneira nos glifos. Agora só falta sair decifrando as notas que encontramos em forma de glifos no filme e ver oque eles querem nos contar! 🙂