Entrevista com Hideaki Anno (TWOHA) – Parte 1

Hideaki AnnoHideaki Anno, diretor de Evangelion e dono dos estúdios Khara, concedeu uma entrevista ao site Tokyo Otaku Mode durante o Festival Internacional de Cinema de Tokyo que teve como tema principal os seus trabalhos.

Confira abaixo a 1ª parte da entrevista, onde Anno fala sobre o evento, animação e os novos trabalhos dos Studios Khara.

── Como você acabou participando desse evento?
Suzuki, um produtor da Ghibli, me pediu para participar. Eu não tinha motivos para recusar, então eu concordei. Eu pensei que como tinha concordado, devia me preparar adequadamente. Eu usei o meu trabalho para traçar a minha vida como um criador desde que comecei na escola até os dias atuais. Eu coloquei tudo em conjunto, de modo a traçar o desenvolvimento do meu trabalho, mas também para mostrar como eu evoluí. Suzuki me disse que iriam dar o seu melhor, então eu não me concentrei em apenas algumas peças representativas, em vez disso, tentei revelar o máximo que pude sobre mim mesmo. Era como se eu colocasse toda a minha vida para que todos pudessem ver.

── Por que você escolheu o tema “Amador”? Eu acho que todo o mundo reconhece a enorme influência que você teve no gênero de robô e além de mais coisas.
Um profissional é alguém que consegue dinheiro de acordo com o trabalho que ele faz ou as pinturas que ele desenha. Para mim, sempre foi sobre fazer o que eu quero e não o que eu fui pago para fazer. Criar sem ter uma recompensa financeira é o que um amador faz, eu acho. Quando eu era um amador, eu fiz muitos trabalhos diferentes, então eu pensei que seria importante falar sobre isso. Eu falei sobre todas as mudanças que eu passei de ser um amador para me tornar um profissional. Quando eu olho para trás, vejo o que eu fiz na escola, eu fico tão envergonhado, mas o fato de que fui eu que fiz é inegável, então eu incluí o que pude desses trabalhos também.

── Outro dia você com Kawakami você mencionou que gostaria de fazer uma plataforma para ajudar novos animadores. O que inspirou essa idéia?
Parece que o sistema de animação japonesa e os animadores estão num impasse no momento. Eu, particularmente, sinto isso na indústria de animação japonesa. Eu quero algo que possa ajudar a romper esse impasse. Não é algo que só vai sumir ao longo do tempo. Então eu me uni com Kawakami para ver se conseguíamos chegar a um novo projeto, algo que iria derrubar o atual estado das coisas. É como uma resistência. Mesmo se fizermos isso, a indústria da animação não vai mudar. Sabemos que não vai mudar, mas nós simplesmente devemos fazer alguma coisa. A este ritmo, a indústria da animação vai diminuir, e em vez de esperar para que isso aconteça, nós preferimos lutar contra ele até o fim, com tudo o que temos. É assim que me sinto.

Com uma forma curta de animação, você tem um maior nível de liberdade. Mas, com projetos mais longos, muitas vezes você tem que dar uma olhada no custo de produção. Quanto mais dinheiro custa algo, menos liberdade você tem. Queremos evitar essa restrição e tentar criar uma plataforma que permite às pessoas a liberdade de fazer trabalhos curtos como quiserem.

Se é apenas 5 minutos, uma pessoa pode lidar com isso por si mesmo. Eles podem fazer algo que realmente expressa a sua individualidade. Você também pode ter um monte de gente junto e fazer algo. Eu acho que a possibilidade existe – que os criadores possam descobrir algo novo com isso. Eu pensei que, se pudéssemos condensar o que é interessante da animação em 5 minutos, nós poderíamos transmiti-la. Além disso, eu pretendo colocar legendas em inglês em todas as obras que lançamos. Eu pretendo fazer tudo para ser acessível a pessoas de todo o mundo.
Se algo demora muito tempo, as pessoas podem não estar dispostas a investir seu tempo nele. Mas vídeos de 5 minutos podem ser visto em seu smartphone enquanto está no trem. Isso é o que eu quero ver acontecer. Espero que através deste sistema mais pessoas se interessem pela animação japonesa.
Este é realmente um projeto mundial. Não é só para as pessoas no Japão que gostam de animação japonesa, mas para permitir que outros de todo o mundo que querem ver, tenha a chance.. Espero adicionar mais diversidade, ajudar a evoluir através de novos talentos e incentivar animes mais interessante nos próximos anos. Quero transmitir o apelo de animação tão simples quanto possível.

── Por que você acha que ninguém mais tentou isso antes?
Porque ele não vai ganhar dinheiro. Porque não há nenhuma garantia de que todo o dinheiro investido nele será recuperados. Isso é algo que eu me aproximei sem qualquer intenção de fazer dinheiro. É por isso que nós podemos fazer isso acontecer.

── Como você vai cobrir as despesas dos criadores que participam? Qual é o processo para eles?
Eles só têm de entrar em contato comigo. Eles podem entrar em contato com Dwango ou com meu estúdio. Este projeto é rotulado como algo para os animadores japoneses, mas eu estou pensando que os animadores de outros países asiáticos vão manifestar interesse também. Qualquer criador com um interesse em anime é bem-vindo para lançar a sua ideia para um curta de 5 minutos. Acho que este projeto poderia ficar interessante à medida que crescer e mais pessoas participarem.

2ª parte em breve...

Fonte: Tokyo Otaku Mode

Anúncios