[Teorias & Explicações] A Câmara de Guf

800px-Eva2-22_C1846

Guf (ガフ, “corpo”), em Neon Genesis Evangelion , refere-se coletivamente à Câmara de Guf e Portas de Guf. O primeiro termo é emprestado do folclore judaico, e significa o lugar em que reside todas as almas que ainda não nasceram. Embora pouco se disse sobre a versão de Eva da Câmara de Guf, parece desempenhar um papel semelhante, fortemente implicado na origem espiritual da vida derivada de Lilith e Adão.

Esse post é uma tradução e adaptação feita pelo Evangelion:BR do Wiki.Evageeks

Menções


Existem apenas três alusões à Guf no próprio anime:

No episódio 21 (durante a filmagem da expedição Katsuragi)
Mulher D: “Começar o tratamento térmico de amortecimento assim que abrir as portas do Guf.”

No episódio 23 (para Misato e Shinji dentro do Dummy Plug Plant)
Ritsuko: “Sim, são humanos. Os Evas intrinsecamente não têm almas, mas eles têm almas humanas incorporadas. Eles todos foram resgatados. O único “vaso” que continha uma alma era a Rei. Ela foi a única pessoa que nasceu com uma alma. A câmara de Guf estava vazia, você vê. Essas coisas aqui que se parecem com a Rei não tem alma. Eles são apenas vasos. É por isso que eu vou destruí-los. Porque eu as odeio.”

No episódio 26 (durante o 3º Impacto)M26_C425_doors
Fuyutsuki: “A câmara de Guf foi aberta. As portas para o íncio e fim do mundo finalmente se abriram?”

Além disso, a abertura das palmas das mãos de Lilith em 26′ , que se assemelham a uma vulva, para receber as almas são referidas como “Portas de Guf” nos storyboards do filme

A Natureza de Guf


A premissa básica da Câmara de Guf tradicional, que representa uma espécie de “depósito” para as almas que ainda não nasceram, pode-se inferir e aplicar a Evangelion. Em EoE, a Câmara é referida como “início e fim do mundo”, para que as almas dos Lilins (e possivelmente outros seres nascidos de Lilith) se reúnam durante o Terceiro Impacto, um evento que é, essencialmente, a criação em sentido inverso (corpos revertendo à sopa primordial, “voltar a nada”, etc.).

A natureza exata do câmara de Guf é indescritível, mas a evidência visual disponível sugere que seja um espaço residido em uma  dimensão superior, semelhante ao mar de Dirac e vinculada a uma semente de vida e sua lua associada. As portas de Guf podem se manifestar como aberturas nas palmas das mãos de uma Semente para fornecer um caminho entre a câmara e o “mundo exterior”.(Os “estigmas” surgidos no Eva-01 ocasionados pela Série Eva podem representar a criação forçada de portas pela Seele na preparação de seu plano em usar o Eva-01 no terceiro impacto).

Cada semente pode possuir sua própria Câmara de Guf. Está implícito que Adão abriu suas portas de Guf no segundo impacto e dessa forma pode ter agraciado os anjos com almas. Fuyutsuki afirma que a câmara foi deslacrada. Isto, juntamente com o aspecto da “Criação-Reversa” do terceiro impacto, sugere que a câmara de Guf originalmente tinha sido aberta e então posteriormente selada no “início do mundo”(ou seja, ato de Lilith da criação) e só agora, no “fim do mundo”, foi aberta novamente. Então Ritsuko diz que a câmara está vazia, sugerindo que Lilith tinha completamente esvaziado o Guf antes lacrá-lo. Se tivesse sido esse o caso, então Adão deve ter tido uma câmara separada.

Ao contrário do conhecimento judaico, no qual  esvaziar a câmara de Guf significa a vinda do Messias, as consequências em Eva – com base no contexto de palavras de Ritsuko – parecem ser meramente que:
(A) não existiam almas ainda por nascer na Câmara para usar nos Evas, e  tiveram que ser dadas almas recuperadas de humanos.
(B) Apenas Rei (ou seja, a primeira Rei?) nasceu com uma alma, ao passo que seus clones são vasos sem alma. OA questão levantada é por que Rei nasceu com uma alma se a Câmara estava vazia? Isso pode implicações na sua posse da alma de Lilith.

Guf na Tradição Judaica


Enquanto Guf é a palavra hebraica para “corpo”, a câmara de Guf não é, no entanto, meramente uma “câmara de corpos”. Câmara do corpo é o lugar do corpo celestial do qual se originam todas as almas que vão nascer. Esta câmara é dito ter existido antes da criação.

A forma peculiar de descrever como um “corpo” pode estar ligado à tradição cabalística do homem primordial chamado Adão Kadmon. Adão Kadmon, a “intenção original” de Deus para a humanidade, era um ser celestial, andrógeno e macro-cósmico (co-iguais em tamanho com o universo). Quando ele pecou, no entanto, a humanidade foi rebaixada para carne e sangue, bifurcada e tornou-se mortal. De acordo com a Cabala, cada alma humana é apenas um fragmento (ou fragmentos) da enorme “alma do mundo” de Adão Kadmon. Assim, cada alma humana vem do “Guf (corpo)” de Adão Kadmon.

Lemos a partir do tema da propagação em Talmud o seguinte:
“R. Assi declarou: O Filho de David (ou seja, o Messias judeu) não virá antes de todas as almas no Guf sejam eliminados, uma vez que é dito, porque o próprio espírito de enwrappeth é de Mim, e as almas que eu tenho feito.”
Em um trabalho cabalístico recente chamado Sefer ha-Bahir, também é dito que:
“Na sua mão é o Tesouro das Almas. Quando Israel é bom, estas almas são dignas dos países emergentes e que vem a este mundo. Mas se eles não são bons, então [essas almas] não surgem. Por isso, dizem,” O Filho de David não virá até que todas as almas no Guf (corpo) estiverem completadas.” Qual é o significado de “todas as almas no Guf”? Dizemos que isto se refere a todas as almas do corpo de Adão Kadmon. [Quando elas estiverem completadas] novos serão dignos de emergir. O Filho de David (o Messias), então, virá. Ele será capaz de nascer, uma vez que sua alma vai emergir entre as outras novas almas.”

O Portão de Guf (Rebuild)


 Em Evangelion 2.0 e 3.0, a Porta da Guf (ガ フ の 扉, Gafu no Tobira) aparece na forma de um buraco negro cercado por anéis coloridos.

Os eventos no final de Evangelion 2.0 resultaram em Near Thrid Impact (Quase Terceiro Impacto), em que a

tentativa de Shinji de salvar Rei do 10º Anjo causou a abertura da Portão de Guf pelo Eva-01. O Portão formado a partir da auréola do Eva-01 foi cercado pela rotação lenta de anéis vermelhos e brancos. O Portão foi dissipado quando Eva-01 foi atingido com a Lança de Cassius, mas não se sabe se a porta estava totalmente fechada após este evento.

Em Evangelion 3.0, o Eva-13 despertado abre a porta de Guf durante Quarta Impact. Esta porta é maior do que a versão anterior e cercado por anéis rotativos multicoloridas. Ele é fechado após Kaworu espeta Eva-13 com dois Spears de Longinus, ambos os pilotos são removidos, e a unidade está finalmente desativada.

 

For english text, click on Font.

Fonte: Wiki.Evageeks