[Teorias E Explicações] O Segundo Impacto

Death_C0015_wings-of-light

O Segundo Impacto é um cataclismo global que ocorreu no dia 13 de setembro de 2000, quando uma enorme explosão ocorreu na Antártida, que fundiu a calota polar e até mesmo alterando eixo da Terra. A explosão resultou em tsunamis maciços, seguido por um aumento global dos níveis do mar que inundou a maioria das cidades costeiras, e causou uma mudança catastrófica nos padrões climáticos globais.

Cataclismo


De acordo com o relatório oficial sobre a catástrofe pela Organização das Nações Unidas, a enorme explosão foi resultado de um impacto de meteorito. Por isso, o evento foi apelidado de “Segundo Impacto” (em oposição ao “Primeiro Impacto”, a teria que um enorme meteorito há 4000 milhões anos atrás colidiu  e criou a Lua. Na realidade foi causado pela chegada de Lilith na Terra). O meteorito era a princípio muito pequeno para se detectar, mas estava viajando perto da velocidade da luz, golpeando com força tremenda apesar de seu tamanho.

Na data do Segundo Impacto, Gainax divulgou a seguinte homenagem / comunicado em seu site gainax.jp

Meteorito gigante atnge Antártida? (2000/09/13)
De acordo com o relatório da  P.U. Communications, uma gigantesca explosão ocorreu na Antártida nesta data. A causa ainda não foi anunciada, mas especialistas acreditam que ele foi causado pelo impacto de um meteorito.
Terremotos e maremotos de extrema magnitude estão ocorrendo em todo o mundo. Nós já estamos recebendo relatos de danos em partes da África do Sul e Austrália. A força da explosão é estimada em torno de 18 bilhões de megatons. Antártida em si foi quase totalmente pulverizada, e estima-se que a maior parte do gelo vai se transformar em vapor, que se condensará com precipitação maciça, o que, por sua vez, o mar das áreas costeiras subirão de nível. Ordens de evacuação estão em vigor para todas as regiões do mundo.
O anterior era uma história do mundo de Evangelion. Hoje é quando o Segundo Impacto aconteceu na cronologia da série. É também a data de nascimento de Nagisa Kaworu.

Dois bilhões de pessoas no hemisfério sul foram mortos instantaneamente pelos tsunamis gigantescos que se seguiram à explosão. Muito mais morreram em grande inundações costeiras. Como resultado do caos subsequente, guerras globais logo eclodiram devido à escassez de alimentos e de recursos e crises de refugiados. Guerras civis e conflitos étnicos também foram generalizadas. Dois dias após a catástrofe, uma guerra nuclear eclodiu entre a Índia e o Paquistão sobre as tensões de refugiados. Em 20 de setembro, sete dias após Segundo Impacto, uma bomba nuclear foi detonada em Old Tóquio, matando meio milhão de pessoas. Lutas espalhadas por todo o mundo, só terminaram em 14 de fevereiro de 2001, quando o Tratado Valentine formalmente pôr fim aos combates. Ao final desses eventos, a população humana global foi reduzida para metade. Milhares de espécies de plantas e animais também tinham sido extintos.

 Resultado07_C080_textbook-overlay


No entanto, em uma prova da resiliência e habilidade da humanidade e o domínio da ciência e tecnologia do homem, o Segundo Impacto não foi o fim da civilização humana. Em vez disso, as nações do mundo se esforçaram para se reerguerem, que se seguiu após o colapso ambiental e econômico e guerras civis. Em 15 anos a civilização humana mais ou menos tinha se recuperado do cataclismo do Segundo Impacto. Mas, embora os seres humanos foram capazes de reconstruir fisicamente a sociedade Pré-Segundo Impacto, muitas pessoas deixaram no fundo de suas mentes as cicatrizes emocionais e psicológicas do caos provocado pelo desastre.

O Cronograma Oculto


Conhecida apenas por um grupo seleto, a história do impacto do meteorito foi simplesmente um disfarce: a verdadeira causa do Segundo Impacto foi quando o primeiro anjo, Adão, explodiu como resultado de um “Experimento de Contato” realizado pela Expedição Katsuragi, que foi secretamente apoiada pela misteriosa organização Seele.

A Seele intencionalmente iniciou o Segundo Impacto, sabendo (possivelmente dos Manuscritos do Mar Morto) o que iria acontecer, porque o dano seria mais limitado do que causado por uma Adão totalmente desperto (a destruição de toda a vida à base de Lilith até o nível bacteriana). Assim, eles usaram a Lança de Longinus para reduzir Adão a um estado embrionário controlável – sabendo que isso resultaria em um cataclismo que custaria bilhões de vidas. Reduzir Adão a um estado embrionário tornou mais fácil de esconder e protegê-lo contra os Anjos, que era de conhecimento da Seele, pelos Manuscritos do Mar Morto, que apareceriam em cerca de quinze anos.

Alguns dos Anjos iria tentar realizar sua própria versão do “Terceiro Impacto”, que envolveria reunir-se com uma fonte da vida para reativá-lo, o que, em seguida, espalharia Campo Anti AT mundial eliminando toda a vida humana, eliminando assim a concorrente evolutiva dos Anjos para o domínio do planeta. O que Adão fez na Antártida, espalhando-se rapidamente um Campo Anti AT que eliminou toda a vida à base de Lilith, é um microcosmo do que teria acontecido em uma escala global, se os anjos conseguissem chegar a Lilith – que é identificado erroneamente como Adão para em grande parte da série. Assim, a Seele apoiou a Gehirn e mais tarde a Nerv a construir os Evangelions usando material genético clonado de Adão, para derrotar os Anjos então eles poderiam realizar a sua própria versão do Terceiro Impacto.

Em Rebuild of Evangelion


Em Rebuild of Evangelion, o Segundo Impacto foi um cataclismo global resultante de acontecimentos misteriosos no Pólo Sul. Quatro gigantes radiantes conhecidos apenas como “Adões”, geraram asas de luz estendendo-se em direção a um “buraco negro” nos céus, toda a região foi engolida por um vórtice de arco-íris. O resultado foi o continente Antartico se tornando um deserto sem vida “purgado do pecado original”, e os oceanos do mundo tornaram-se saturados com “sangue”, insinuou-se ser o mesmo fluido que os Anjos se dissolvem após a morte. (Uma cena extraída a partir de flashback  de Misato teria mostrado o “sangue” esguichando do Pólo Sul no 2º Impacto e criando a mancha na Lua.)

Quinze anos depois, as cruzes vermelhas e o vortex de arco-íris gerados pelos Adões ainda estão presentes, e Antártida é reduzida a uma cratera dividida por uma incisão em forma de cruz.

O incidente com o Eva-04, possivelmente replicou algumas das condições do Segundo Impacto, como a região em torno do epicentro é mostrado ficando vermelha.

Quando o Terceiro Impacto é iniciadao pelo Eva-01 Pseudo-despertado, Ritsuko se refere a ela como uma continuação do Segundo Impacto. (Compare abaixo as crateras de impacto e asas de luz que conduzem em direção a um “buraco negro”.)

Eva2-22_C0401_ani  800px-Eva2-22_C0387_comp

800px-Eva2-22_C0807 800px-Eva2-22_C1856_vortex