[Teorias E Explicações] Japanese Strategic Self Defense Force – JSSDF

Tanks

A Japanese Strategic Self Defense Force (JSSDF) (Força de Auto-Defesa Estratégica Japonesa) é uma organização militar, o principal ramo do exército japonês sob o comando direto do Ministério da Defesa japonês. Ele tem um papel de fundo na série TV, servindo em um papel de apoio militar para Nerv. A JSSDF serve como um antagonista principal em The End of Evangelion.

A JSSDF foi formada em 2003 em resposta à eclosão da guerra entre a China e Vietnã sobre as ilhas Nansha como resultado das tensões pós-Segundo impacto, o que levou a reorganização das forças armadas do Japão. Como resultado deste novo clima político, o artigo 9 da constituição japonesa (que proíbe o Japão de manter uma força militar ofensiva após a Segunda Guerra Mundial) foi, aparentemente, abolido.

As funções JSSDF em coordenação com as forças das Nações Unidas  é apoiar a Nerv e os Evangelions no combate j0N2t7baos ataques dos anjos. As força armadas das Nações Unidas em 2015, está muitas vezes composta das forças armadas locais, que foram unidas sob a égide da ONU. Assim frequentemente quando as forças das “Nações Unidas” estão apoiando a  Nerv na luta contra os Anjos, eles são de fato composto por unidades JSSDF, comandada por seus próprios generais, mas apoiado pela autoridade da ONU.

Organização


O JSSDF opera independentemente dos outros ramos da Força de Defesa. Enquanto isso, em última análise responde à mesma autoridade do Ministério da Defesa, é um sub-ramo independente dos militares chamados para situações de combate de alto risco. É uma força de armas combinadas, com unidades de proteção e aéreas separados dos das seções do exército regular, como o JASDF (Força de Auto-Defesa japonês). Ela também pode operar suas próprias unidades navais.

Como Misato diz durante a sua invasão do QG da NERV, os soldados JSSDF são “profissionais”: as unidades de elite dos militares japoneses, frequentemente destacadas para zonas de combate e assassinos endurecidos pela batalha, estes soldados são treinados. Eles são muito bem adaptado à ocupação urbana e limpando operações.

Equipamento


O JSSDF tem acesso a ampla armas e veículos, tanto estrangeiros como nacionais. Ao contrário da Nerv, o JSSDF é tumblr_mqs8iexKGK1r0rd3to6_400esmagadoramente uma força militar convencional. Eles também estão fortemente envolvidos na investigação e desenvolvimento de vários projetos de armas de energia dirigida, como o rifle de pósitrons.

O auge do arsenal JSSDF são as Minas N², os mais poderosos artefatos explosivos não-nucleares convencionais já criados pelo homem.

Veículos

As forças terrestres mecanizadas operarm veículos convencionais como tanques de batalha, Humvees, plataformas de foguetes e artilharia MLRS e outros pilares da guerra terrestre moderna.
A Força Aerea JDF opera helicópteros aéreos de Caça Pesado Jet-VTOL, o que efetivamente exercem o poder de fogo de um navio de guerra voando. Seu arsenal inclui também embarcações menores VTOL (que são mais móveis), os bombardeiros de asa fixa, e o grande “flying wing”, embarcação utilizada para o transporte de Evangelions.

Papel da Série


Depois que a  JSSDF (que funciona sob o comando das Nações Unidas) foram incapazes de derrotar o anjo Sachiel no episódio 01, mesmo com uma mina N², o comando da batalha global entre a humanidade e os Anjos é transferida para Nerv. A seguir, assim, o JSDF fornece apoio militar convencional para Nerv ao longo da série.

No episódio 06, Nerv requisita a JSDF o protótipo do rifle pósitrons de sua divisão de Pesquisa e Desenvolvimento, para uso contra Ramiel. No episódio 07, Misato pergunta a Ritsuko Akagi se o JSSDF estava por trás do desenvolvimento do projeto robô Jet Alone, mas Ritsuko disse que ele foi desenvolvido por uma empresa privada. No Episódio 18 o vice comandante Kozo Fuyutsuki ordenou especificamente que se tratasse do acidente na ativação do Eva 03 antes que a SSDF pudesse intervir.

Papel em The End of Evangelion


M25_battle_20Enquanto o JSSDF está presente ao longo da série, ela só ocupa centro do palco no final.

O SSDF  serviu como a vanguarda do movimento da Seele para esmagar a Nerv e iniciar o Projeto de Instrumentalidade Humana, acarretando ironicamente o evento que muito deles acreditavam estar impedindo.

O processo real foi instigado pelo primeiro-ministro japonês em Tóquio-2, agindo em resposta à falsa informação fornecida pelo agentes da Seele. O JSSDF e o governo japonês foram provocados a atacar a Nerv quando agentes da Seele na ONU os convenceu que Nerv estava tentando instigar o terceiro impacto e teria que ser interrompida, quando, na realidade, a Seele também queria iniciar o terceiro impacto, embora uma versão diferente do cenário de Gendo Ikari. O ataque em si tinha sido planejado há algum tempo e foi autorizado depois de uma tentativa frustrada de sequestrar os Magis do QG da Nerv.

Os estágios iniciais foram bem sucedidos, como os tanques e aviões sistematicamente demoliram as defesas fixas e49492 sistemas de sensores ao redor o GeoFront.

A força de infantaria penetrou na sede própria, cumprindo ordens para matar incondicionalmente qualquer pessoal da Nerv que encontraram, mesmo se eles estivessem desarmados ou tentassem se render.

Eles não conseguiram proteger o centro de comando, no entanto, os funcionários sobreviventes da Nerv – particularmente os oficiais Makoto Hyuga e Shigeru Aoba – foram capazes de impedir seu progresso com o uso de Baquelite. O SSDF respondeu à resistência com uma bomba de N². Os soldados conseguiram localizar Shinji Ikari, mas foram abatidos pela Major Katsuragi antes que eles o matassem. A Major foi morta quando uma equipe de ataque explodiu uma seção do complexo, mas sua morte teve pouco efeito sobre o resultado da batalha.

A JSSDF poderia ter sido capaz de derrotar defensores da Nerv se não fosse a reativação do Evangelion Unidade 02: as asuka_v_s_jssdf_by_flukeyouarenotalone-d5dvyvaforças SSDF foram incapazes de derrotar o Campo A.T. do Eva, mesmo depois de cortar seu cabo umbilical. A piloto, Asuka Langley Soryu, derrotou um grande contingente de gunships VTOL, incluindo um batalhão de tanques.

Instalada a invasão, Seele abandona a JSSDF e lida com o Eva-02 implantando os Evangelions de produção em massa. As tropas JSSDF sobreviventes presumivelmente foram mortas quando a Serie Eva iniciou o terceiro impacto.

Fonte/Source And English text: Wiki.EvaGeeks

Banner 3
  • Matheus Henrique

    Fico feliz em ver novas matérias a respeito de Evangelion. Parabéns pela matéria e ao site !

  • Leonardo Martinelli Lopes

    Uma coisa que sempre achei zuada no EoE é que a galera da JSSDF usa o HK G11 (rifle alemão) ,que apesar da aparencia modernista não é um rifle ideal pra se empregar em infantaria convencional (Outras arma fariam esse papel melhor,inclusive da propria Heckler & Koch).

    Otimo post! Nunca pensei q eles tinham sua propria lore no Evangelion, achei que eram basicamente a mesma coisa que a atual. De onde é as informaçoes do segundo paragrafo?

    • Neek190

      O Sadamoto deve ter achado o legal o design da arma.

      • Vitor Urubatan

        Eu pensei exatamente a mesma coisa.

    • Vitor Urubatan

      Rsss muito boa observação. Obrigado.

    • Vitor Urubatan

      Rsss muito boa observação. Obrigado.

  • Yuri

    como sempre,exemplar Leonel.

  • Neek190

    Errou o nome do vice comandante da Nerv, não? É Kozo Fuyutsuki, não?

  • Vitor Urubatan

    Maneiríssimo! Parabéns pelo texto.
    Para mim mais referências hahaha!

  • Vitor Urubatan

    Maneiríssimo! Parabéns pelo texto.
    Para mim mais referências hahaha!