[Teorias E Explicações] As Sementes da Vida

As Sementes da Vida (生命 の 種, Seimei no Tane) são seres extraterrestres que dão vida, criados pela Primeira Raça Ancestral para espalhar a vida em planetas em toda a Via Láctea. Sete foram criados no total [isso foi afirmado no jogo NGE2 como parte de várias “rotas”], cada um com uma lança de Longinus,  colocado dentro de portadores maciços chamado de “Luas” (ou às vezes “Ovos”).

Post traduzido e adaptado dos mitos do WikiEvageeks

As Sementes da Vida foram criadas com duas variedades: uma cuja linhagem se beneficiou do “Fruto da Vida” e ganhou vastos poderes físicos e força, um segundo tipo cuja linhagem se beneficiou do “Fruto do Conhecimento” e

Representação geométrica do Fruto da Vida

assim dominou o conhecimento científico e a civilização desenvolvida. Se uma criatura possuísse ambas as metades, ela teria poder igual ao da Primeira Raça Ancestral.

Isto reflete a história bíblica, Gênesis 3:22, de como depois de comer o fruto da Árvore do Conhecimento, Adão e Eva foram expulsos do Jardim do Éden por Deus para que eles também não pudessem comer o fruto da Árvore da Vida, e com isso tornar-se como Deus.

Apenas dois organismos Semente de Vida aparecem na série: Adão, uma semente do tipo “Fruta da Vida”, e Lilith, uma semente do tipo “Fruto do Conhecimento”. Um terceiro aparece no jogo de PSP Neon Genesis Evangelion 2: Another Cases para falar com Kaworu usando sua imagem e voz.

É implícito que em toda a galáxia em planetas que as sementes semelhantes a Lilith desembarcaram, começaram os primeiros processos de vida nos mares primordiais de mundos alienígenas, que evoluíram para o que os humanos considerariam ambientes terrestres mais ou menos “normais”, culminando na Ascensão de várias civilizações alienígenas inteligentes.

Enquanto isso, em planetas que as sementes de tipo Adão desembarcaram, com ecossistemas verdadeiramente bizarros devido a dominância de Anjos, eles foram criados para se desenvolverem em escala global, usando seus incríveis e quase super-científicos poderes, o que seria difícil para os humanos compreenderem em comparação com a “vida” de que os seres humanos normalmente entendem.

No entanto, de todos os mundos através da galáxia que a Primeira Raça Ancestral semeou com a vida, a Terra é única em que duas Sementes da Vida acidentalmente desembarcaram no mesmo planeta. Adão, contido dentro do recipiente de transporte da Lua Branca, foi a primeira semente a pousar na Terra, pelo menos 4 bilhões de anos atrás. Antes que a vida angelical pudesse começar, a Lua Negra de Lilith acidentalmente entrou em violenta colisão com a Terra (aparentemente destruindo sua Lança) e causando o evento agora conhecido como o Primeiro Impacto.

Devido a uma lei não especificada no plano da Primeira Raça Ancestral, duas Sementes não podem coexistir no mesmo planeta, possivelmente porque a “união proibida” (como declarado no Episódio 26′) de uma Semente tipo Adão e Lilith criaria um ser verdadeiramente divino que rivalizaria com o poder da Primeira Raça Ancestral. Devido a isso, a única Lança restante no planeta tomou a iniciativa de subjugar permanentemente uma das Sementes: Adão. Lilith então espalhou o líquido primordial – o próprio sangue de Lilith, LCL – do qual a vida terrestre evoluiu ao longo de bilhões de anos, enquanto Adão permaneceu inativo até que foi acordado pela expedição Katsuragi, resultando no Segundo Impacto.

***

 Fonte/source(text in english): Wiki.Evageeks

Salvar