Misato Katsuragi

Misato Katsuragi (葛 城 ミ サ ト) é um capitã, e mais tarde uma Major, na Nerv. Ela está no comando de Operações Táticas da NERV, responsável pela coordenação dos Evangelions em combate real (ao contrário da Divisão de Ciência, chefiada pela amiga de longa data Dra. Ritsuko Akagi). Ela é filha do Dr. Katsuragi, e a única sobrevivente de sua expedição, dizimado como resultado de Segundo Impacto. Aldulta, Misato é transferida para Tokyo-3 pouco antes dos Anjos reaparecerem. Ela leva Shinji Ikari, e mais tarde Asuka Langley Soryu, para sua casa. Ela também parece ter trabalhado diretamente com Asuka na Alemanha. Ela tem um animal de estimação “pinguim de águas termais” chamado Pen Pen.

misato_katsuragi_2672 Afiliação: Nerv, Wille (3.0)
Nacionalidade: Japonesa
Aniversário: 12/08/1986
Dubladora: Kotono Mitsuishi
(English): Allison Keith
(Italian): Francesca Guadagno
(Brazilian): Vanessa Alves

Primeira semana em Tokyo-3


Vemos Misato pela primeira vez quando ela vai pegar Shinji para levá-lo em segurança logo depois dele testemunhar o formidável poder de Sachiel. Depois de habilmente tirá-lo do perigo, ela e Shinji se apresentam um ao outros. Depois de chegar na Nerv, Misato diz a Shinji que ela chegou recentemente uma vez que eles se perdem. Depois de ser encontrada por Ritsuko Akagi, ela orienta tanto Misato e Shinji no sentido da Unidade onde Gendou está esperando por Shinji. Depois de Shinji se recusa a pilotar, Misato tenta apoiá-lo e dar-lhe conselhos, mas que não altera a decisão de Shinji.

Perfil


Misato é descrita por Hideaki Anno como alguém que “vive a vida de uma forma tão leve que apenas permite a412px-Proposal_18_misato possibilidade de um toque humano. Ela protege a si mesma tendo relações de nível superficial”  Misato que certamente parece temer compromisso, responsabilidade e demonstrar sentimentos.

Em uma entrevista, Anno também descreveu Misato como uma Tsukino Usagi / Sailor Moon mais velha (cujo cabelo é similar).

Misato é vista pela primeira vez na série parecendo ter dois tipos de personalidade: no trabalho, ela é resistente, competente diretora de Operações Tácticas, e em casa ela é uma pessoa desinibida que gosta de trajes minúsculos e toma cerveja após cerveja  em seu apartamento bagunçado.

Mas a Misato oculta é uma mulher profundamente perturbada por questões familiares e sociais não resolvidas. Parte disso é devido a trauma de ter estado no Segundo Impacto, mas tem tanto a ver com a sua vida familiar, particularmente o pai.

Apesar de ser a chefe da divisão de Operações Táticas da Nerv, Misato é, aparentemente, recém-chegada no QG da NERV, como ela se perde em seu caminho para a base, o que leva Ritsuko a comentar que ela está “perdida outra vez”. No próximo episódio, Misato diz que ela acabou de se mudar para Tóquio-3 “no outro dia” e ainda existem caixas fechadas em seu apartamento.

Relacionamento de Misato


Com seu Pai
Segundo ela, o pai de Misato era muito parecido com Gendo Ikari, em que ele dedicou-se profundamente ao trabalho e e deixou de lado ocontato humano, e também como Shinji em que ele foi descrito como frágil e fraco. Misato pensou que odiava seu pai, mas, em seguida, ele salvou sua vida durante o Segundo Impacto, colocando-a em uma cápsula de escape. Com Dr. Katsuragi morto e sem chance de explorar o que ela viu com uma súbita mudança em seu relacionamento, Misato deixou extremamente ambivalentes os seus sentimentos por ele e com um ardente desejo deEp_21_misato vingança contra os Anjos. No episódio 12, Ritsuko mesmo a acusa de colocar sua vingança à frente do destino do mundo por inventar uma missão que não tinha praticamente nenhuma chance de sucesso.

Com Kaji
Quando ela conheceu Ryoji Kaji na faculdade, Misato estava na feliz com ele, mas depois o abandonou, dizendo-lhe que amava outra pessoa. Mais tarde, na série (episódio 15), ela admite que isso era uma mentira, e que, na verdade, ela percebeu que Kaji lembrou-lhe muito de seu pai, e temendo as implicações, Misato fugiu. É também implícita no episódio 25 que Misato tinha, de alguma forma, medo do prazer que sentia com Kaji, porque (entre outras razões) não sentia que merecia isso.
No episódio 25 Misato também diz que embora quisesse ser uma “boa filha” por causa de sua mãe, ela ficou doente por causa disso, e queria manchar a reputação de si mesma. É perguntado a ela se é por isso que dormia com “aquele homem” (presumivelmente Kaji), mas é incapaz de resolver seus sentimentos. Os outros personagens na Instrumentalidade chamam-a de repugnante, e Misato concorda, admitindo usar o sexo como uma fuga da realidade e da solidão.
Apesar da natureza íntima de seu relacionamento, Misato e Kaji tratam um ao outro formalmente, usando seus nomes de família, Katsuragi e Kaji, ao invés de seus nomes pessoais, Misato e Ryoji.
Após a morte de Kaji Misato troca a  cerveja para quantidades aparentemente iguais de café enlatado.

Com Shinji
O relacionamento de Misato com Shinji possui diversos aspectos, sendo alguns objeto de forte controvérsia.FGC_01_C020
A primeira ação de Misato para com Shinji enviando-lhe uma fotografia de si mesma para que ele a identifique: Uma foto bem humorada inadequada (e reveladora) sua vestindo jeans de corte e inclinando-se mostrando o busto, piscando para Shinji e dando-lhe o sinal de V (Ela também deixou um beijo de batom nele). A escrita japonesa sobre diz:”Para Shinji: Eu vou estar te pegar, então espere por mim, ok?” (Aparentemente escrita de próprio punho por Hideaki Anno). Misato também pontua a foto com a mensagem altamente inadequada, “Preste atenção !!” com uma seta apontando para os seios. Esta poderia ser uma indicação precoce de personalidade incomum de Misato mesmo antes de ela aparecer na tela.
Como a progressão da série, o papel e a relação de Misato com Shinji cresce para ser mais do que apenas uma tutora legal e passa a ser um tanto complexa.

Em Rebuild of Evangelion


Ao contrário da ssua contraparte da série, Misato sabe que o gigante no Terminal Dogma é Lilith, e até mesmo a identifica como tal a Shinji .
A classificação de Misato em Evangelion 1.0 é “tenente-coronel” enquanto em Evangelion 2.0, ela é promovida para “Coronel”. Isto coloca-a em um dos cargos mais altos na hierarquia da Nerv. Em Evangelion 3.0, Misato é a capitã naval da Wille.

Análise


Não se sabe por que Misato estava na Antártida no Segundo Impacto. Um pessoa normalmente não leva uma filha junto em uma missão secreta e altamente perigosa. Assim, tem-se especulado que talvez tivesse a intenção dela ser parte no experimento, especialmente por que Misato, naquele momento, tinha aproximadamente a mesma idade que os pilotos teriam mais tarde. No entanto, não há nenhuma evidência apresentada no anime para apoiar esta teoria. Além disso, Yui aparentemente não teve problemas para levar Shinji ao longo de seu Experimento de Contato, por isso, talvez como ela, Dr. Katsuragi queria mostrar a sua criança o “futuro brilhante”.

Banner 15