Entrevista com Yoshiyuki Sadamoto

Durante o FicZone, um evento de anime, manga e videogames em Granada, no sul de Espanha, que aconteceu em Maio de 2016, a equipe do Tokyo Otaku Mode sentou para conversar com Yoshiyuki Sadamoto sobre seus projetos atuais, na esperança de obter os seus pensamentos sobre a indústria de anime depois de terminar a manga de Evangelion. Um dos maiores designers de personagens do mundo conversou sobre seu envolvimento na nova série FLCL, bem como projeto Aoki Uru de Gainax, o que parece ter sido adiado novamente.

Depois de todos esses anos trabalhando em Evangelion, como você se sente sobre a série?

Como um trabalhador da indústria de anime, para mim Evangelion tem sido apenas um outro trabalho, e preciso de trabalho além de Evangelion para continuar. É uma franquia que realmente não quero mais trabalhar neste ponto [Nota: essa entrevista foi em maio de 2016] mas é uma franquia importante no Japão e muitos fãs, então levei a sério.

Parece que Hideaki Anno também está descansando de Evangelion e ele está mais focado no mercado live-action.

A coisa é, eu não entendo o que está cozinhando dentro da cabeça do Anno (risos).

Desde Wolf Children em 2012, não temos visto você trabalhar em qualquer anime, mesmo Bakemono no Ko, o que é interessante já que você trabalhou em cada um dos filmes de Hosoda. O que é isso?

Eu só queria dedicar-me a desenhar, eu queria me concentrar exclusivamente em terminar o mangá Neon Genesis Evangelion.

Como você já deve saber, há uma sequência de FLCL a caminho. Você está envolvido no novo projeto?

O projeto original foi realizado entre a Gainax e Production I.G enquanto a nova série depende exclusivamente da Production I.G. Eu perguntei se eles iriam usar meus desenhos, creditados como tal na produção. Não haveria nenhum problema em trabalhar isso, mas ainda não ouvi nada deles – veremos o que acontece.

Qual é a sua opinião sobre a série voltar?

Como artista, sinto afeto por FLCL, mas além disso eu não tenho opinião enquanto meu trabalho é respeitado.

Como é o processo, decidindo ressuscitar uma propriedade como FLCL?

Os fãs são importantes, é claro. Os fãs querem que sua série volte, como no caso de FLCL, e é ótimo que eles possam conseguir seus desejos. Mas as pessoas que realmente determinam se ou não uma série retorna são os patrocinadores. Evangelion ou FLCL, por exemplo, são séries que tiveram muito sucesso. São séries com risco zero para os patrocinadores e sabem que estarão ganhando dinheiro se participarem desse tipo de projetos.

Como artista, o sentimento que me sacode é “por que gastamos dinheiro em projetos que não são novas ideias ou novas histórias?” Eu sei que é assim que a indústria funciona, mas eu me questiono.

Como tem sido trabalhar para Gainax todos estes anos?

Trabalhar na Gainax como parte da equipe … é muito libertador. Por exemplo, quando eu trabalhei com Hosoda, fui pedir permissão para trabalhar com ele, apesar de estar na Gainax. Eles disseram que sim, então eu poderia fazer isso sem problemas.

Além disso, é uma política que melhora seus jovens artistas. A ideia é que se alguém tem talento, você tem que apoiá-lo para fazer coisas novas com mais responsabilidade, mesmo como um diretor. Gainax é muito liberal e vanguardista neste campo, e isso é algo que eu amo.

Na verdade, você está trabalhando em um projeto no estúdio, Aoki Uru, onde você também trabalha como designer de personagens. Como vai o filme?

Como eu disse antes, é algo que depende do dinheiro. Neste caso, estou realmente comprometido com o filme, eu adoro isso. É um processo lento e falta de dinheiro é um problema real. Enfim, embora eu não posso dizer nada sobre isso agora, mesmo se o diretor atual deixar o projeto, vou ficar envolvido nele.

Então, a data de lançamento atual (2018), ainda está prevista para essa data?

Você sabe, a data de lançamento anterior era para o ano passado… Eu não sei (risos).

Falando de financiamento de anime – você está ciente do crowdfunding? Você acha que é uma maneira realista de conseguir dinheiro?

Existem já muitos projetos escolhendo esta rota. Mas são animações curtas, que têm uma duração de dez ou quinze minutos. Você pode fazer coisas como essa, mas para grandes projetos como Evangelion você precisa de muito mais dinheiro do que o que você recebe por crowdfunding. É uma tendência que vai continuar, mas não é viável para grandes produções.

Qual é o futuro do financiamento de produções de anime, então?

Neste momento, as empresas de vídeo e música são muito importantes em termos de financiamento e representam uma percentagem elevada para o financiamento de anime. Mas eu acho que o futuro pertence a plataformas como Amazon ou Netflix. Eles estão tendo uma chance ao anime e eu acho que eles vão mudar o pensamento sobre como é feito. Fazendo suas próprias produções para suas próprias plataformas, a tendência de financiar produções de anime vai mudar.

Quais são seus projetos atuais?

Estou trabalhando no mercado de games para smartphones, bem como no design de figurinos para um filme de ação ao vivo. Além disso, estou envolvido em um projeto de anime muito pequeno, então há quatro ou cinco coisas no momento que me mantêm ocupado.

Será que vamos vê-lo novamente em ação em um mangá tão longo como Evangelion?

Tenho 54 anos agora. Se isso vai levar mais vinte anos, ele terminaria quando eu tivesse 74 … Eu acho que isso é meio difícil (risos).

Fonte/Source (text in english): Tokyo Otaku Mode

Salvar

Posts Relacionados