Músicas Clássicas em Evangelion – Parte 1

Robôs gigantes, luta contra seres “enviados por Deus”, personagens com dramas psicológicos, referências culturais e religiosas unindo tudo isso a uma boa música.

Além da trilha sonora original composta por Shiro Sagisu a serie conta com diversas músicas clássicas que se encaixaram perfeitamente em Evangelion dando a impressão que foram composta para serem utilizadas no anime.

Nessa primeira parte falaremos sobre algumas delas.

Jesus Alegria dos Homens (Herz und Mund und Tat und Leben, BWV 147)

Herz und Mund und Tat und Leben (“Coração e boca e ações e vida”, em alemão), BWV 147, é uma cantata de Johann Sebastian Bach, composta por ocasião da festa da Visitação da Virgem Maria (a Isabel), em Leipzig, em 2 de julho de 1723. Bach escreveu um total de 200 cantatas durante sua estada em Leipzig, principalmente para atender à demanda das igrejas locais, que era de quase 60 cantatas diferentes por ano.

Embora seja a 32ª cantata composta por Bach, das que sobreviveram, foi-lhe dado o nº BWV 147. (BWV: Bach-Werke-Verzeichnis (“Catálogo de Obras de Bach” em alemão).) Jesus alegria dos homens é o coral final da cantata, sendo uma das mais famosa do músico.

Ela aparece na parte liveaction perto do final de The End of Evangelion, o capitulo da cena (tomando como base a separação no DVD) tem o nome “Jesus Alegria dos Homens (Onde está minha realidade/ É o fim do seu sonho)”, é a partir deste ponto que Shinji começa a questionar o seu sonho de realidade onde não existiria ninguém. A curiosidade da cena é que as garotas em destaque na cena são as dubladoras de Asuka, Rei e Misato. (você pode conferir mais informações sobre a cena live-action aqui)


9º Sinfonia em Ré Menor Op. 125 “Coral” (Ode à Alegria) – IV Mov: Presto

É a última sinfonia completa composta por Ludwig van Beethoven. Completada em 1824, a sinfonia coral mais conhecida como Nona Sinfonia ou ainda, A Nona, é uma das obras mais conhecidas do repertório ocidental, considerada tanto ícone quanto predecessora da música romântica, e uma das grandes obras-primas de Beethoven.

A nona sinfonia de Beethoven incorpora parte do poema An die Freude (“À Alegria”), uma ode escrita por Friedrich Schiller, com o texto cantado por solistas e um coro em seu último movimento. Foi o primeiro exemplo de um compositor importante que tenha utilizado a voz humana com o mesmo destaque que a dos instrumentos, numa sinfonia, criando assim uma obra de grande alcance, que deu o tom para a forma sinfônica que viria a ser adotada pelos compositores românticos.

A sinfonia n.° 9 tem um papel cultural de extrema relevância no mundo atual. Em especial, a música do último movimento, chamado informalmente de “Ode à Alegria”, foi rearranjada por Herbert von Karajan para se tornar o hino da União Europeia. Outra prova de sua importância na cultura atual foi o valor de 3,3 milhões de dólares atingido pela venda de um dos seus manuscritos originais, feita em 2003 pela Sotheby’s, de Londres. Segundo o chefe do departamento de manuscritos da Sotheby’s à época, Stephen Roe, a sinfonia “é um dos maiores feitos do homem, ao lado do Hamlet e do Rei Lear de Shakespeare”.

A música se inicia exatamente no momento que Kaworu toma controle do Eva-02 no episódio 24, ele se apossa “de um dos maiores feitos do homem”, o Eva. A canção termina exatamente com a morte de Kaworu.

Ela também aparece em um dos trailers de Evangelion 3.33.


Suíte para Viloncelo solo Nr. 1 em Sol Maior, BWV 1007 1. Prelúdio

Suíte para Viloncelo solo Nr. 1 em Sol Maior, BWV 1007 é uma das seis Suítes para Violoncelo desacompanhado de Johann Sebastian Bach. Ele provavelmente as compôs durante o período barroco de 1717 a 1723. O estilo musical barroco consiste em ritmos enérgicos, melodias muito bem ornamentadas, alternando entre sons fortes e fracos e contrastando instrumentos de timbres diferentes.

O termo Suite (termo de origem francesa que significa série ou sucessão) designa um tipo de composição musical que consiste numa sucessão de peças ou de andamentos instrumentais (geralmente danças)

Cada uma é estruturada em seis partes: Prelúdio, allemande, courante, sarabande, Galanteries e Gigue. As suítes de violoncelo de Bach são consideradas entre as mais profundas de todas as obras de música clássica.  Wilfrid Mellers as descreveu em 1980 como “Música monofônica onde um homem criou uma dança de Deus”.

O prelúdio da Nr. 1 em Sol Maior, BWV 1007 é provavelmente o movimento mais conhecido de todo o conjunto de suítes e é regularmente ouvido na televisão e nos filmes.

Ela aparece no anime no começo de Death, Shinji chega primeiro no auditório da escola e começa a afinação de seu violoncelo, Death é uma recapitulação dos pontos mais importantes da serie TV como preparo para The End of Evangelion, entre outras palavras o preludio do fim.


Messiah (Chorus) – Worthy is the Lamb…Amen / Hallelujah

O Messias (Messiah) (HWV 56, 1741) é um oratório de Georg Friedrich Händel com 51 movimentos divididos em 3 partes, durando entre cerca 2h 15min e 2h 30min. Worthy is the Lamb…Amen e Hallelujah são respectivamente os movimentos 42 e 51.

Em 1741, Händel recebeu um convite do Lord Lieutenant da Irlanda para ajudar a angariar dinheiro para três instituições de caridade de Dublin por meio de apresentações musicais. Embora doente nessa época, Händel estava determinado a compor um novo oratório sacro para a ocasião, pedindo a Charles Jennens (libretista de Saul e Israel in Egypt) um tema apropriado. Jennens respondeu com uma criteriosa recolha de versículos e escrituras do Velho e Novo Testamentos arranjados num “argumento” em três partes (como ele o descreveu). O resultado foi o mais conhecido e amado oratório de Händel. A obra estreou em Dublin, no período da Páscoa de 1742.

O nome da oratória foi tirado do conceito judaico e cristão de messias. Para os cristãos, o Messias é Jesus. O próprio Händel era um cristão devoto e a obra é uma apresentação da vida de Jesus e de seu significado de acordo com a doutrina cristã.

As músicas aparecem durante a luta contra o anjo Arael assim que ele faz contato com a mente da Asuka no episódio 22.


A parte 2 sai em breve.

Anúncios